“Existe ligação entre a perda de peso e o risco de câncer de mama?”

Cada vez mais pessoas têm buscado por mais saúde e qualidade de vida. Por isso, o número de cirurgias bariátricas tem se tornado uma crescente no Brasil.

Recentemente, JoJo Toddynho deu uma entrevista falando sobre sua decisão de se submeter a cirurgia. Não é de agora que a cantora tem optado por melhorar a saúde através de hábitos mais saudáveis, como fazer exercícios físicos.

Se você me acompanha a um tempo, já deve ter me visto falar da importância de manter hábitos mais saudáveis e como a obesidade aumenta o risco do câncer de mama.

Esse foi o questionamento levantado por um estudo publicado no JAMA (2023), com 69.260 mulheres de diferentes Índices de Massa Corporal (IMC), durante cinco anos, divididas em dois grupos: com bariátrica e sem o procedimento cirúrgico.

Também foram feitos subgrupos de acordo com o IMC.

O grupo que realizou a cirurgia bariátrica, e perdeu peso, apresentou uma diminuição no risco de câncer de mama em comparação ao grupo com sobrepeso e/ou obesidade.

menor destaque: “Não houve risco residual de câncer de mama associado à perda de peso após a cirurgia bariátrica” (JAMA, 2023)

Portanto, mulheres que possuem o IMC < 25, com o auxilio da cirurgia bariátrica, apresentam menos risco de câncer de mama. Bem como, uma melhora na qualidade de vida e no risco de desenvolver outros tipos de doença.



Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *